Montessori versus Tradicional: os Materiais

Montessori versus Tradicional: os Materiais

Neste segundo post da série iremos abordar os materiais usados para educação em sala. Basicamente se trata do ambiente educacional preparado e das ferramentas usadas para que a educação ocorra.

Mas antes de seguir em frente, precisamos lembrar que este post faz parte de uma série de postagens sobre a diferença entre o Método Montessori e o Ensino Tradicional. No post anterior falamos sobre classes agrupadas e classes seriadas, corre lá e vê a diferença, caso ainda não tenha visto.

Os Materiais em uma Escola Montessori

Ambiente Preparado

Em classes agrupadas, o ambiente é arrumado por áreas temáticas, e o aluno tem a liberdade de movimentar-se pela sala, em busca de sua atividade. Essa liberdade de escolha vai lhe sendo oferecida à medida que amadurece e aprende a conviver tranquilamente, em grupo, respeitando o outro, respeitando as regras de convivência. Biblioteca de sala, para pesquisas em diferentes fontes, Internet com acompanhamento e orientação. Não há limites do quanto o aluno possa trabalhar com um material. Todas as novas mídias de trabalho podem ser usadas, evidenciando-se a ética.

Já em uma escola tradicional

Como material de trabalho, apenas um quadro, onde o professor faz registros, e todos devem anotar. Poucas oportunidades de debates dos temas estudados.

Algumas escolas já incluíram o quadro interativo como nova ferramenta. No entanto o livro didático é o principal instrumento.

Este modelo de Quadro-Professor-Carteira é tão enraizado em nossa cultura que, quando fomos conhecer uma Escola Montessoriana com Berçário, me vi contando o número de cadeiras para relacionar com a capacidade de alunos. Erro meu, pois havia mais que o dobro de alunos em relação às cadeiras, afinal nem todas as atividades e materiais exigem o uso de cadeiras e mesas.

No próximo post

Na próxima terça-feira iremos abordar a diferença entre os papéis do professor e do aluno em salas de aula. Mas enquanto isso, compartilhe e comente! Sua opinião é muito importante para nós.

Jonas é casado, tem um filho e vem se apaixonando pelo Método Montessori. É co-fundador da Aggu Montessori Experience e quer ajudar outros pais a se apaixonarem também por este método, mas acima de tudo, pela importância da participação da família na educação dos filhos e na influência de uma sociedade melhor.
Comments are closed.